TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

sábado, 21 de abril de 2018

Justiça determina que professores em greve em Fortaleza retornem ao trabalho

A justiça determinou nesta sexta-feira (20) que os professores da rede pública de Fortaleza em greve retornem ao trabalho, sob pena de multa diária no valor de R$ 10 mil. Os docentes entraram em greve na quarta-feira (18) e realizaram manifestação em frente ao prédio da Secretaria de Educação (SME), no Bairro Dionísio Torres.

Na decisão, a Justiça orienta que a Secretaria de Segurança Pública garanta o acesso dos servidores públicos e estudantes às escolas municipais.

A Secretaria da Educação informou que a Prefeitura de Fortaleza permanece em diálogo com o sindicato da categoria e que foram apresentadas propostas de reajuste salarial. A pasta comunicou que cumpre a lei, inclusive com o valor inicial da carreira acima do Piso Nacional.

Reivindicações
De acordo com a diretoria do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação do Ceará (Sindiute), Ana Cristina Guilherme, a proposta de greve foi aprovada em assembleia na quarta-feira (11). A categoria reivindica o pagamento do piso salarial, que, segundo Ana Cristina, não foi repassado conforme o previsto em lei.

"Uma lei federal estabeleceu o reajuste do piso em 6,21% a partir de janeiro, mas o prefeito descumpriu. A prefeitura só quer pagar o valor em dezembro A prefeitura só deu até agora o reajuste de 2,95%", disse Ana Cristina.

Ainda de acordo com a direção do Sindiute, durante o ano de 2017 não houve reajuste para os professores municipais.

G1

Nenhum comentário: