TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

segunda-feira, 26 de março de 2018

Atentados: balanço aponta 13 prédios e 10 ônibus atacados, 6 presos e três mortos

Treze prédios públicos e 10 ônibus foram atacados no fim de semana por bandidos de uma facção criminosa no Ceará. Este é o balanço geral dos atentados ocorridos desde a manhã da última sexta-feira (23) até a noite de domingo (25). Os crimes se estenderam por Fortaleza, sua Região Metropolitana e, ao menos, uma cidade do Interior. Seis pessoas estão presas e três foram mortas. Já o prejuízo milionário ficou para as empresas de transportes urbanos da Capital.

Entre os prédios públicos alvos dos ataques estão a sede da Secretaria da Justiça e da Cidadania (Sejus), a sede da Empresa de Transportes Urbanos de Fortaleza (Etufor), a Secretaria Executiva Regional Quatro (SER IV), e até a sede da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), da cidade de Sobral.

Os atentados tiveram início ainda na manhã de sexta-feira quando bandidos tentaram incendiar a agência dos Correios do bairro Antônio Bezerra, na zona Oeste de Fortaleza. Ali, eles deixaram uma carta endereçada ao governo em que fizeram as ameaças de deflagarem uma onda de atentados por conta da decisão do governo de implantar bloqueadores de sinal de celular nos presídios cearenses.

As ameaças começaram a ser concretizadas no começo da madrugada de sábado, por volta de 1:57, conforme registros da Polícia Militar. Bandidos tetaram jogar uma granada militar e atiraram na sede da Sejus, na Rua Tenente Benévolo, na Praia de Iracema. Na fuga, trocaram tiros com a PM, resultando na morte de três criminosos. Eram bandidos moradores da comunidade do Gueto, na Barra do Ceará, e que seriam integrantes da facção Comando Vermelho (CV), a mesma que havia deixado o recado ameaçador, em forma de carta, nos Correios do Antônio Bezerra.

No começo da noite de sábado, a onda de ataques teve início com um micro-ônibus incendiado em plena Avenida Presidente Castelo Branco (Avenida Leste-Oeste), no bairro Moura Brasil (zona central da Capital). Daí em diante, os ataques se sucederam.

Ceará News 

Nenhum comentário: