TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quarta-feira, 14 de março de 2018

Assembleia Legislativa do Ceará decide arquivar pedido de instalação da CPI do Narcotráfico

O pedido de instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Assembleia Legislativa, para investigar o tráfico de drogas no Ceará, foi para o arquivo. Segundo o presidente da Casa, deputado Zezinho Albuquerque (PDT), a proposta já não tem o número mínimo de assinaturas - 12 - para a criação do colegiado, além da "maioria" dos líderes partidários não concordarem com a iniciativa. O pedido de instalação foi feito no início da legislatura, em 2015.

"O pedido não tem mais o número suficiente de assinaturas e isso já vem há muito tempo. Nós tivemos uma reunião e a maioria (dos líderes partidários) deseja que não haja, nesse momento (a CPI), porque não temos meio".

Segundo o presidente da Assembleia, o Conselho de Altos Estudos e Assuntos Estratégicos da Casa, presidido pelo deputado Tin Gomes (PHS), está estudando a realização de um seminário para discutir a questão da Segurança no Ceará. A ideia é que ele aconteça no próximo mês de maio, durante dois dias. Deverão ser convidados especialistas internacionais "que entendem de Segurança", representantes de universidades e das Assembleias Legislativas de outros estados, secretários de Segurança do Nordeste e outras figuras.

"Você, às vezes, em um segundo, tem uma ideia maravilhosa. Por exemplo, quando está se analisando uma mensagem do governo, em um segundo, um deputado tem uma ideia boa, entra com uma emenda e é aprovada e ajuda milhares de cearenses. O importante é que as pessoas que venham para esse seminário vão contribuir para isso e a Assembleia quer contribuir, fazer a sua parte, como está fazendo nos momentos em que é exigida. Na promoção dos policiais militares, (dar) autonomia ao Ministério Público, com as novas comarcas, a Assembleia sempre faz a sua parte", defendeu.

DN Online

Nenhum comentário: