TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Dodge pede "ordem judicial" ao STF para que Segovia não interfira em ação contra Temer

Procuradora-geral da República, Raquel Dodge
A PGR (Procuradoria-Geral da República) pediu nesta segunda-feira (26) que o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso emita uma ordem judicial para que o diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, se abstenha de "qualquer ato de ingerência" sobre o inquérito que apura se o presidente Michel Temer (MDB) favoreceu empresas no porto de Santos (SP) por meio de um decreto em troca de propinas, sob pena de afastamento do cargo.

Na manifestação apresentada pela procuradora-geral, Raquel Dodge, ela apontou que o cargo ocupado por Segovia tem natureza administrativa e que ele não tem atribuição para conduzir investigações.

"Quaisquer manifestações a respeito de apurações em curso contrariam os princípios que norteiam a Administração Pública, em especial o da impessoalidade e da moralidade", afirmou na petição, pedindo que o diretor cumpra a ordem "sob pena de afastamento do cargo".

Uol

Nenhum comentário: