TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Camilo e Eunício lançam programa de investimentos para o Ceará

O governador Camilo Santana (PT) vai estar, mais uma vez, coladinho ao presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB). Será nesta sexta-feira, a partir das 9 horas durante solenidade de anúncio de investimentos do Governo Federal para o Programa Ceará Veloz.

O ato acontecerá no Palácio da Abolição e contará com a presença também do ministro das Cidades, Alexandre Baldy. O Ceará Veloz é um conjunto de ações que promete acelerar o crescimento da economia cearense, desburocratizando processos e estimulando investimentos.

Ceara Veloz

Conjunto de ações para acelerar o crescimento da economia cearense objetiva estimular investimentos e melhorar o ambiente de negócios, com mais geração de oportunidades para todos os setores que contribuem no desenvolvimento de ações estaduais relevantes.

– Como resultados, é esperada a injeção de R$ 8,7 bilhões em mais investimentos públicos no biênio 2017-2018, somando 524 mil empregos e R$ 2,6 bilhões em massa salarial no Ceará.

– Com projeção adicional de tributos de R$ 1,8 bilhão oriundos de arrecadações de Cofins, ICMS, Imposto de Importação, PIS/PASEP, IPI, CSSL, IRPJ e outros pagamentos que incidem sobre a produção.

*Eixos de organização

Os cinco pontos desenvolvidos, com previsão de investimentos no total de R$ 8,7 bilhões, são:

– Simplificação e Desburocratização, tornando mais simples e direta a formação de parcerias com o setor público, investimentos de R$ 1,2 bi;

– Infraestrutura Econômica, com investimentos em rodovias, aeroportos, portos, barragens e adutoras, investimentos de R$ 3,6 bilhões;

– Infraestrutura Social, com investimentos em saúde, educação, segurança, assistência social, investimentos de R$ 2,9 bi;

– Economia do Conhecimento, com investimentos em pesquisa e desenvolvimento de projetos inovadores, investimentos de R$ 843 milhões; e,

– Oportunidades de Negócios, construindo PPPs e concessões, incentivos fiscais e grandes acordos de investimentos e hubs, investimentos de R$ 3,2 bilhões.

(Foto – Divulgação)

Nenhum comentário: