TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Pescadores temem inviabilidade do seguro defeso

A nova portaria interministerial de número 78, de 29 de dezembro de 2017, decretada pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, estabelece as normas, critérios, padrões e medidas de ordenamento pesqueiro em águas continentais na região hidrográfica do Atlântico Nordeste Oriental.

Os pescadores do Ceará discordam da portaria porque acreditam que o decreto tem a finalidade de acabar com o seu principal benefício, o seguro defeso. Com isso, os pescadores do Ceará estiveram reunidos nesta quinta-feira (11), às 8h, no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento em assembleia para debater e discutir com autoridades e pescadores a defesa e luta por seus direitos.

Com conteúdo burocrático, confuso e que distorce da realidade vivida pelos pescadores, a portaria visa também reduzir os gastos do governo e retirar os direitos dos trabalhadores.

O texto confunde e não esclarece a proibição ou liberação da pesca de algumas espécies. Com a portaria muitas espécies estão ameaçadas de extinção, entre elas o piau e curimatã, pescado da água doce. Os pescadores estão exigindo a imediata revisão do texto e revogação da portaria.

DN Centro Sul
jornalista Honório Barbosa

Nenhum comentário: