TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Crise hídrica e saúde serão prioridades para bancada

O coordenador da bancada cearense na Câmara, deputado federal Cabo Sabino (PR), informou que neste ano os parlamentares vão se empenhar na liberação de recursos para a saúde e a crise hídrica no Estado.

Sabino explicou que a bancada conseguiu empenhar na Lei Orçamentária de 2018, R$ 164 milhões para o custeio da saúde no Ceará, porém 30% do valor foi contingenciado para o Fundo Eleitoral. "Entendemos que existe um clamor do povo nessa questão e vamos trabalhar para liberar mais recursos que foram contingenciados no ano anterior", declarou Sabino.

De acordo com informações do parlamentar, a bancada cearense está entre as quatro bancadas estaduais que mais buscam e levam recursos para os estados.

Para ele, a presença do senador Eunício Oliveira na presidência do Congresso representa um auxílio "forte" para o Ceará. O deputado adiantou que a conclusão do Eixo Norte da Transposição do São Francisco será tratada como "regime de urgência".

"Estamos enfrentando o quinto ano de seca e os reservatórios chegaram a níveis nunca visto, por isso o governo e as autoridades devem voltar atenção a transposição", disse Cabo Sabino.

Busca por recursos

Na avaliação do deputado Danilo Forte (DEM), a bancada precisa cobrar mais transparência na liberação dos recursos e buscar alternativas para solucionar a crise hídrica no Ceará. "O colapso de abastecimento de água é nossa grande preocupação", disse.

O deputado André Figueiredo (PDT) reforçou, por sua vez, que a bancada tem cumprido o seu dever na busca de recursos.

"Precisamos ajudar o governador, independente da oposição (feita ao governo federal)", afirmou o pedetista.

Contingenciamento

Já para o deputado Raimundo Gomes de Matos (PSDB), o que dificulta o trabalho da bancada, é a crise econômica enfrentadas pelo Brasil. "O governo tem feito muitos contingenciamentos e isso atrapalha o andamento das obras", lamentou o tucano.

DN Online

Nenhum comentário: