TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Bomba: Presidenta do Sindicato dos Servidores Públicos de Acopiara quer abocanhar mais de R$ 40 mil por cargo desempenhado no conselho no AcopiaraPrev

Nenhum texto alternativo automático disponível.
O Sindicato dos Servidores Públicos de Acopiara continua trabalhando para abocanhar parte do dinheiro do precatório que os professores da rede municipal de ensino têm direito. 

Como se não bastasse o requerimento (embargos) solicitando da Justiça que seja retido dos 60% pelos menos 20% de honorários advocatícios, agora, a presidenta do Sindicato, está cobrando mais R$ 40 mil da Previdência (AcopiaraPrev) a título de gratificação do cargo (Presidenta do Conselho) que a mesma exerce no sistema previdenciário municipal. 
Nenhum texto alternativo automático disponível.
A informação caiu como uma bomba e já repercute negativamente na cidade. Na sua conta de facebook, o presidente do SINDIPREMA, Idalmi Pinho Guilherme se manifestou sobre o assunto. 

Veja a nota: 

"BOA NOITE COMPANHEIROS E COMPANHEIRAS FILIADOS AO SINDIPREMA. SE VOCÊ É SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL ESSA MATÉRIA PODE LHE INTERESSAR, POIS SEU FUTURO e SUA APOSENTADORIA ESTÃO EM PERIGO.

Estou consternado com duas situações que me deparei hoje, em relação ao SSPMA (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Acopiara):

1- como já é do conhecimento de todos, o SSPMA fez um requerimento (embargos) no processo do precatório, juntando um contrato de honorários advocatícios que "possivelmente" teria sido autorizado em assembleia por nós professores. Neste requerimento o sindicato cobra que honorários advocatícios contratuais de 20% em cima da nossa cota do precatório que será rateado (60%). Além disso, pede que este valor seja retido pelo juiz, causando mais dificuldade de se liberar o precatório para o rateio.

2- TAMBÉM DESCOBRI QUE A PRESIDENTE DO SSPMA, QUE TAMBÉM É PRESIDENTE DO CONSELHO DO ACOPIARAPREV, ESTÁ COBRANDO MAIS DE R$ 40.000,00 (QUARENTA MIL REAIS) DA NOSSA PREVIDÊNCIA A TÍTULO DE GRATIFICAÇÃO PARA O EXERCÍCIO DO CARGO. TUDO ISTO FUNDAMENTADO EM UM DECRETO QUE JÁ FOI REVOGADO, VEZ QUE NA LEGISLAÇÃO ATUAL NÃO HÁ NENHUMA PREVISÃO DE TAL GRATIFICAÇÃO.

Que eu saiba, quando somos chamados, convidados, indicados ou eleitos para fazer parte de Conselhos, e aceitamos, o serviço é voluntário. O único conselho que os conselheiros são remunerados é o CT (Conselho Tutelar).

É importante que todos saibam que a previdência municipal é a nossa garantia de uma velhice digna, lá estão nossas contribuições mensais, lá está nosso suor diário. E me aparece um senhora, que ao invés de exercer seu encargo com dedicação, comprometimento e responsabilidade, fica cobrando valores que não estão previstos em lei, demonstrando que o único objetivo é de se locupletar à custa do nosso suado dinheirinho.

ATÉ QUANDO, OS SERVIDORES DE ACOPIARA AINDA SE DEIXARÃO SER ENGANADOS E ILUDIDOS COM FALÁCIAS E FALSAS PROMESSAS DE LUTA PELO INTERESSE DA CATEGORIA?

Realmente é como disse uma amiga minha “quanto mais mexe mais fede, e que estava cansada de tanto puxa e encolhe.” 

Outra que disse que "é bom sabermos fazer uma publicação para não enveredar como inverdade.” E tantas outras conversas que não vem ao caso repetir aqui.

Acho que a população, hoje, sabe quem mais atrapalha e emperra o andamento correto das coisas.

O que o SINDIPREMA faz é apenas ir atrás das informações e tornar públicas. Porque como já foi dito o SINDIPREMA não tem valor nenhum, não representa nada, não pode atuar em nada ENTÃO NÃO ATRAPALHA EM NADA.

O SINDIPREMA é um sindicato que só não é reconhecido apenas pela gestão atual de Acopiara, mas como é reconhecido em todo o território nacional, pelos órgãos estaduais e federais, tem acesso às informações verídicas, fundamentadas, com cópias de documentos, e publica para que a população tome conhecimento e tire suas conclusões. (Não publiquei todas as paginas do processo, porque além de serem muitas, tratava apenas de argumentos da requerente para tentar convencer ao juiz).

Abra o olho servidor público municipal. Porque se não, quando você precisar se aposentar a ACOPIARAPREV não terá nenhum dinheiro para lhe pagar".

Nenhum comentário: