TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Moreira de Acopiara é homenageado em Diadema

André Henriques/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra
Quando escola e literatura se abraçam com força o resultado só pode ser positivo. Exemplo disso é a EE Professora Antonieta Borges Alves, de Diadema, que, como forma de incentivar a leitura e a arte da escrita, agora tem sua Academia Estudantil de Letras. E como é de praxe que se tenha um homenageado, o nome escolhido para ser o patrono é Moreira de Acopiara, que recebeu o título em homenagem realizada na manhã de ontem na quadra do local.

Poeta, compositor e figura respeitadíssima quando o assunto é cordel, o cearense radicado em Diadema comemora o carinho. “Fico honrado e agradecido. Nasci onde não tinha escola legal como essa. Não tinha energia elétrica nem biblioteca”, conta ele, que pôde começar a frequentar sala de aula apenas aos 12, apesar de ter sido alfabetizado antes, em casa, por sua mãe.

A ideia do projeto, iniciativa da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo junto do programa Escola da Família, é fomentar o prazer pela leitura dentro da escola. E, segundo a professora de Língua Portuguesa Sylvia Regina, e a professora da sala de leitura Eliana Cardoso, o interesse pela literatura já aumentou.

Izaura Terassi, diretora da escola, conta que os alunos vivenciaram a história do cordelista da cidade. Estamos incentivando nossos alunos a serem produtores”, explica. Acopiara acredita que ações como essa podem ajudar e muito os alunos. “Essas crianças precisam de incentivo. Eu, com 13 anos, lia muito cordel. Conheci Patativa do Assaré (poeta cearense que viveu de 1909 a 2002). Ele fazia o que faço hoje. Ele lia poesias, mostrava seus cordéis. Como ele foi minha referência, tenho certeza que muita criança tem a mim e a tantos outros como referência também”, explica.

No ato, os 20 alunos acadêmicos se apresentaram com pompa, como nos moldes da Academia Brasileira de Letras. Cada um escolheu um patrono para sua cadeira. Não ficaram de fora Clarice Lispector, Machado de Assis e Rachel de Queiroz. “Autores brilhantes, antes de tudo, foram grandes leitores”, disse Acopiara em incentivo aos alunos.

Para a estudante Maysa de Moura Matos, 14 anos, a obra de Acopiara toca o coração. “Eu leio todos os dias e gosto muito do trabalho dele”, afirma. Vinícius Machado Pereira de Oliveira, 15, ficou maravilhado com a obra de Acopiara. “Quando leio amplio meu vocabulário e melhoro meu texto”, disse. Sua colega Simone Aparecida Nunes Barbosa, 14, também apaixonada por literatura, sonha se tornar escritora. “A leitura ajuda em vários âmbitos da vida”, diz.

diário do Grande ABC

Nenhum comentário: