TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Fortaleza empata com Iguatu e vai à final da Taça Fares Lopes

Image-0-Artigo-2316793-1Fortaleza e Iguatu jogaram ontem pela semifinal da Taça Fares e com um segundo tempo emocionante na Arena Castelão, os times empataram em 2 a 2. O resultado fez com que o Leão avançasse para a final da Taça Fares Lopes e agora enfrenta o Floresta, nos dias 31 de outubro e 5 de novembro.

A final entre o Tricolor do Pici e o time da Vila Manuel Sátiro é inédita por reunir pela primeira vez duas equipes da Capital cearense decidindo o título que vale vaga para a Copa do Brasil do próximo ano. A vantagem na decisão pertence ao Floresta.

Mais de 5.500 pessoas viram Adenilson e Anderson Uchôa marcarem os gols leoninos; Canga e Paulinho Macaíba fizeram os tentos do Azulão.

Primeiro tempo morno

A partida na Arena Castelão teve seu primeiro lance de maior emoção saído de um lance despretensioso. Após cruzamento da direita de Jefferson, a bola passou por todo mundo e saiu pela linha de fundo dando um tremendo susto no goleiro Diego.

Pelo lado do Iguatu, a primeira chegada só foi acontecer aos 18 minutos, quando Paulinho Macaíba arriscou de muito longe obrigando Max Walef a realizar boa intervenção. Um minuto depois, o lateral esquerdo Danilo, em grande jornada, fez boa jogada e o zagueiro Albano afastou o perigo.

O atual campeão cearense da segunda divisão chegou novamente com o volante Michel, quando o experiente atleta aproveitou espalmada do goleiro Max Walef, ficou com a segunda bola e finalizou na rede pelo lado de fora.

Grandes emoções

A segunda etapa foi completamente diferente. Aos 13 minutos, o técnico Frasson realizou duas alterações numa mesma tacada. Saíram o volante Jonathas e o atacante Jô para as entradas de Adenilson e Vinícius Baiano, respectivamente. E as substituições surtiram efeito rapidamente. Aos 19, Danilo fez grande jogada, Vinícius Baiano ajeitou e Adenilson apenas empurrou para o fundo das redes.

O jogão ganhou contornos dramáticos. Aos 23, Canga, que andava sumido na partida, deu números iguais em cobrança de falta executada com extrema categoria.

Aí aconteceu o improvável, quando, aos 36 minutos, Paulinho Macaíba virou o placar a favor do time interiorano. O sonho parecia próximo de se concretizar, mas a festa no interior foi novamente abafada pelos pés de Anderson Uchôa, com um belo arremate de fora da área.

Nenhum comentário: