TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Filho de Acopiara propaga positivamente o nome do município Brasil a fora

Denis Maciel/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra
Em tempos em que respeito, amor, aceitação e tantas outras coisas estão escassas na sociedade, Moreira de Acopiara vem para lembrar da importância desses e tantos outros valores. Poeta, compositor e cordelista cearense radicado em Diadema desde os anos 1980, ele apresenta amanhã sua nova obra literária, Atitudes Que Constroem (Editora Areia Dourada, 228 páginas, R$ 30). O lançamento acontece na Livraria e Editora Alpharrabio, em Santo André, a partir das. 11h, e é parte do projeto Conversa de Livraria, em que escritores batem papo com público. O artista também autografará os exemplares.

Um dos maiores responsáveis por divulgar a cultura popular brasileira e, em especial, nordestina na região, Moreira de Acopiara apresenta agora, em seu 22º livro – isso sem contar os inúmeros cordéis lançados –, poemas que estão sendo construídos ao longo dos últimos cinco anos. “É um trabalho de formiguinha”, brinca. O artista conta que a ideia surgiu quando uma editora de Brasília pediu que escrevesse sobre valores. “Era para falar sobre amor, sustentabilidade, trabalho. Gostei da ideia e fui fazendo outros poemas”, diz.

O livro, que ganha vida no mês em que se comemora o Dia Nacional da Poesia, decretado na Lei 13.131/2015 (dia 31, em homenagem à data de nascimento de Carlos Drummond de Andrade), é ilustrado por mais de 50 textos. Alguns são adornados por xilogravuras de amigos do autor.

Liderança, autoestima, o valor do perdão são assuntos que margeiam a obra. “Todos os poemas são para colocar o leitor para cima”, diz o escritor. Com rimas brilhantes, Atitudes Que Constroem fala de um Brasil misturado e da importância e riqueza de sua miscigenação. Comenta ainda sobre o poder que o livro tem e sobre aceitarmos o próximo como ele é.

Tudo que está no livro surgiu a partir das experiências do autor. E basta ler peças como Gosto de Cantar o Sertão para imaginar o cenário que Moreira de Acopiara narra no poema e a saudade que sente da roça. “Quando eu era jovem li uma frase, não me lembro de quem, que dizia que ‘ninguém conta melhor sua história do que você mesmo’. Quando escrevo me coloco lá no lugar do qual falo. É 100% real”, explica. Para ele, é importante para a juventude ler e se conscientizar de certas coisas. “Precisa-se respeitar as pessoas, a natureza, saber o que é tolerância e fazer de tudo para tornar o mundo melhor. Essa é minha.

Diário do Grande ABC

Nenhum comentário: