TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Município de Iguatu será contemplado com Areninha

A imagem pode conter: 16 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
Mirian Sobreira e o prefeito e vice-prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor e Marcos Sobreira, respectivamente, participaram da solenidade de lançamento do projeto Areninha, realizada na manhã desta segunda-feira, 11, na Arena Castelão, em Fortaleza. A parlamentar ressalta a importância das Areninhas para a juventude do Estado. “Esta iniciativa vai dar oportunidade de esporte e lazer para a juventude de Iguatu e do Ceará”, disse a deputada. O governador Camilo Santana comandou o evento.
As cidades beneficiadas foram escolhidas segundo nota técnica do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), cuja base é o tamanho da população de 15 a 29 anos de idade da zona urbana. Serão contempladas: Acaraú, Aquiraz, Aracati (Sede e Canoa Quebrada), Barbalha, Brejo Santo, Camocim, Canindé, Cascavel, Caucaia, Crateús, Crato, Eusébio, Guaraciaba do Norte, Horizonte, Icó, Iguatu, Itaitinga, Itapajé, Itapipoca, Juazeiro do Norte, Limoeiro do Norte, Maracanaú, Maranguape, Mombaça, Morada Nova, Pacajus, Pacatuba, Paracuru, Quixadá, Quixeramobim, Russas, Santa Quitéria, São Benedito, São Gonçalo do Amarante, Sobral, Tauá e Tianguá. As Areninhas contemplarão espaços públicos urbanizados com gramado sintético, bancos de reserva, alambrados, rede de proteção, vestiários, depósito para materiais esportivos, iluminação, rampa de acesso para cadeirantes, paisagismo e pavimentação.
O projeto vai atender, inicialmente, 38 municípios cearenses com a construção de 40 Areninhas, seguindo o modelo dos mesmos espaços que já existem em Fortaleza. O investimento médio é de R$ 2,1 milhões por cada Areninha, em parceria do Governo com as prefeituras - um total de cerca de R$ 70 milhões.
A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
Os recursos são do Programa de Apoio às Reformas Sociais (Proares), parceria do Estado com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A execução das obras é de responsabilidade da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS).

Blog da Deputada Mirian Sobreira

Nenhum comentário: