TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Passados quase sete meses, eleitores do vereador Eduardo Gaspar ainda aguardam a sua expulsão do PSDB

Resultado de imagem para vereador eduardo gaspar
Os eleitores do vereador Eduardo Gaspar (PSDB), filho do ex-prefeito Gaspar do Vale, ainda aguardam a sua expulsão do partido. 

Eduardo Gaspar foi acusado de ter traído a sigla na eleição que elegeu Cicinho de Otaviano, presidente da Câmara Municipal de Acopiara. 

Na época, Eduardo Gaspar não apareceu para votar e sua ausência beneficiou o atual presidente pelo fato de ser o mais idoso. 

Um dia antes da eleição, numa reunião realizada na Câmara Municipal, Eduardo afirmou para os vereadores que hoje fazem oposição que teria recebido propostas irrecusáveis do atual prefeito para não comparecer na primeira sessão do ano, dentre as ofertas, empregos, carros agregados, prédios alugados, contrato com a rádio, além de R$ 200 mil em dinheiro. 

Na época, Eduardo afirmou não ter aceito as oferendas e inclusive assinou um documento se comprometendo votar no candidato Jourdan Teixeira. Pena que no dia da sessão Eduardo Gaspar sumiu do mapa.

O mandato do vereador também seria requisitado pelo PSDB, porém, até hoje nada disso aconteceu deixando os eleitores do parlamentar tristes.

Em tempo

E por falar em Eduardo Gaspar, hoje foi realizada uma audiência na Justiça de Acopiara, onde ele processa os radialistas Lindomar Rodrigues e Ozemar Rodrigues, além de Maria Noeme, mãe de ambos. 

A advogada do vereador Eduardo Gaspar, Delany do Vale, entrou com um pedido de Medida Cautelar para que as publicações referentes a sua família fossem retiradas na página. O pedido da advogada foi negado.

Nenhum comentário: