quinta-feira, 20 de julho de 2017

Criança atropelada por coletivo em Juazeiro do Norte (CE), morre

Image-0-Artigo-2271704-1
Uma criança de apenas cinco anos de idade, identificada como Jorchua Botelho, que estava na 'garupa' de uma motoneta, morreu atropelada por um micro-ônibus, após os veículos colidirem, na Avenida Padre Cícero, neste Município, por volta do meio-dia de ontem.

De acordo com a mãe do menino, eles estavam em uma motoneta, parados no semáforo, quando, ao saírem, foram colhidos pelo coletivo. "Assim que o sinal ficou verde, nós saímos pelo acostamento e eu senti a pancada da batida", contou a mulher. O menino usava capacete e um cinto de segurança infantil, mas não foi suficiente para resguardar sua vida. "Após a pancada, o micro-ônibus passou por cima do garotinho", acrescentou uma testemunha. O menino teve morte imediata.

Apesar do uso dos equipamentos de segurança, o transporte da criança era feito de forma irregular. Segundo o Código Brasileiro de Trânsito, é proibido "conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor transportando criança menor de sete anos ou que não tenha condições de cuidar de sua própria segurança".

A mãe da vítima sofreu apenas escoriações leves pelo corpo e foi atendida por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Jorchua era o único filho da mulher.

A Perícia Forense do Ceará (Pefoce) compareceu ao local para recolher o corpo da criança. De acordo com agentes do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), foi feita uma perícia para identificar as causas do acidente.

DN Online
Postar um comentário