sábado, 17 de junho de 2017

Presidentes da Câmara e da OAB discutem sobre impeachment de Temer

BRASILIA, DF, BRASIL, 25-05-2017, 11h00: O presidente da OAB Claudio Lamachia, entrega pedido de impeachment do presidente Michel Temer, para a Secretaria da Mesa da Camara. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress, PODER)
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, trocaram críticas nesse sábado (17) pela demora de Maia na apreciação dos pedidos de impeachment do presidente Michel Temer.

Desde meados de maio, pelo menos 14 pedidos de impeachment aguardam análise da Câmara. O da OAB foi protocolado em 25 de maio.

"Assim como no ano passado, quando a OAB pediu o impeachment de Dilma Rousseff, estão presentes, mais uma vez, os elementos que configuram crime de responsabilidade [de Temer]."

Para o presidente da OAB, o presidente Temer já confirmou a conversa com o empresário Joesley Batista, dono da J&F, em que foram narrados diversos ilícitos.

"Nada ter feito após receber essas informações é crime de responsabilidade e, segundo a Constituição, deve ser punido com impeachment", disse Lamachia.

Folha de S.Paulo
Postar um comentário