TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

terça-feira, 20 de junho de 2017

Ministro do STF adia julgamento sobre pedido de prisão de Aécio

18.mai.2017 - O senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) é visto em sua residência no Lago Sul, em Brasília
Um recurso apresentado nesta terça-feira (20) pela defesa do senador Aécio Neves (PSDB-MG) provocou o adiamento da decisão sobre o pedido de prisão contra o senador, afastado do mandato por ordem do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin.

A defesa de Aécio pediu hoje que o pedido de prisão contra o senador seja analisado pelo plenário do Supremo, e não pela 1ª Turma do tribunal.

O caso iria a julgamento hoje na 1ª Turma, mas o relator, ministro Marco Aurélio, decidiu adiar o julgamento para decidir antes sobre o recurso.

O ministro Marco Aurélio afirmou que o fato de Andrea Neves, irmã do senador, e os outros investigados já terem sido denunciados, por si só, não pode fundamentar a prisão.

"Ainda não temos na ordem jurídica, e espero que nunca tenhamos, a prisão automática conforme a acusação é formalizada pelo Ministério Público", disse o relator.

Já o ministro Luís Roberto Barroso afirmou que estava comprovado o envolvimento dos suspeitos em crimes graves.

"Está amplamente documentada a participação direta do agravante [Mendherson] nesses delitos", disse. "Em muitos outros casos, por muito menos, há pessoas presas", afirmou Barroso.

Seriam analisados hoje tanto o pedido da defesa de revogar o afastamento de Aécio do cargo quanto o pedido da PGR (Procuradoria-Geral da República) para que fosse decretada a prisão preventiva do senador.

Uol

Nenhum comentário: