sexta-feira, 23 de junho de 2017

Meirelles nega chance de mulher se aposentar com 60 anos

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, admitiu nesta sexta-feira (23) discutir mudanças na reforma da Previdência. "Pode haver ajustes de cronograma e de negociação", disse ao responder pergunta da plateia durante evento na Amcham. "Mas não adianta fazer uma reforma que cria necessidade de daqui a alguns anos se fazer outra", ressaltou.

Meirelles afirmou que o ponto crítico da negociação é a comissão especial e que a proposta revisada representa hoje um ganho fiscal de cerca de 75% da proposta original. O ministro negou a possibilidade de redução da idade mínima para as mulheres para 60 anos.

DN Online
Postar um comentário