TV Meu Xodó - A televisão de Acopiara

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Icequi de Quixelô (CE) presta desserviço a comunidade

O blog recebeu uma denúncia dando conta que o Instituto Cultural e Econômico de Quixelô (Icequi) foi transformado num verdadeiro partido político. O instituto é detentor de uma concessão de Rádio Comunitária na cidade, e a emissora tem servido apenas para fazer política.

Só para o internauta ter uma ideia, o presidente da entidade, José Marcio Alves, mora em Iguatu e é adversário ferrenho do governo municipal quixeloense. Alguns comentaristas e o presidente atual do Icequi, José Roberto defendem abertamente apoio político Samuel Araujo, ex-vereador e Aécio Neves, senador afastado por corrupção.

O Icequi, ao contrário do que está fazendo deveria proporcionar ao povo daquele município cursos de informática, como havia prometido objetivando contribuir com a formação educacional e cultural de cada cidadão.

Em tempo

Recentemente, foi publicada uma matéria no Diário do Nordeste, inclusive com participação do ex presidente do Icequi, Márcio Alves, relatando que sua entidade não conta com apoio da Prefeitura e ainda sofre perseguição da mesma. Numa frase de duas linhas, o presidente faltou com a verdade como se o povo não soubesse da realidade dos fatos. O próprio fundador do Icequi, só aparece no município com frequência, em época de eleição. Agora, falar de perseguição e falta de apoio é mais uma piada sem graça da oposição nervosa de Quixelô.

A população da cidade sabe perfeitamente que a entidade em referência deveria desenvolver um serviço cultural de qualidade, exatamente como foi sua proposta de criação. Seria tola a prefeita Fátima Gomes, se colocasse dinheiro público numa instituição que está a serviço apenas de politiqueiros, pessoas loucas para voltar ao poder no município.

Nenhum comentário: