Ao vivo, II Grande Vaquejada do Parque Manuel Camilo em Acopiara (CE)

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Aécio pede ao Supremo autorização para falar com a irmã

Aécio afirma que as medidas restritivas impostas ao parlamentar não poderiam tê-lo privado do direito ao convívio familiar
Os advogados do senador Aécio Neves (PSDB-MG) pediram ao STF (Supremo Tribunal Federal) uma autorização para que ele possa entrar em contato com sua irmã Andrea Neves. Ela, assim como o tucano, é investigada por suspeitas de ter recebido propina da JBS.

O pedido foi entregue esta terça-feira (27) no processo relatado pelo ministro do STF Marco Aurélio Mello.
Aécio foi afastado do exercício do mandato e ficou proibido de entrar em contato com outros investigados, como sua irmã, por ordem do ministro Edson Fachin, primeiro relator do inquérito no STF. Posteriormente o caso foi redistribuído para Marco Aurélio.

Já Andrea chegou a ser presa preventivamente, mas foi libertada por decisão da 1ª Turma do STF no último dia 20, que determinou que ela permaneça em prisão domiciliar. Ela deixou a prisão na semana passada. Os dois negam as acusações.

Uol

Nenhum comentário: