TV Meu Xodó - A televisão de Acopiara

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Tribunal mantém decisão de levar a júri popular médico acusado de mais de 4 mil abortos

dionisio lapaO Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) manteve, nesta terça-feira (23), a decisão de levar a júri popular o médico Dionísio Broxado Lapa Filho pela prática de abortos clandestinos, além de cinco funcionárias da clínica onde eram praticadas as intervenções ilegais.

De acordo com denúncia do Ministério Público do Ceará (MPCE), o médico utilizava uma clínica localizada no bairro de Fátima, em Fortaleza, para “práticas abortivas clandestinas”, com o auxílio de Cely Elias da Costa, Elisabete de Lima, Antônia Deuzanira Mota, Adriana Fernandes Vieira e Raimunda dos Santos Campos. Para a realização das cirurgias eram simulados atendimentos ginecológicos e obstetrícios.

Informações do MP ainda dão conta que o valor cobrado das pacientes era de R$ 2 mil. Entre o início dos atendimentos na clínica, em 1996, e a denúncia do caso, em 2010, teriam sido registrados mais de 4 mil abortos.

“Todos os vestígios da participação dos recorrentes [réus], assim como a individualização da conduta de cada um estão bem delimitados”, comentou a desembargadora Maria Edna Martins.

DN Online

Nenhum comentário: