sexta-feira, 5 de maio de 2017

Transposição de águas do rio São Francisco para o Ceará: MP manda investigar

Na semana passada nós falamos, neste espaço, das dificuldades para a continuidade da obra de transposição de águas do rio São Francisco para o Ceará, na sua parte final, em razão da judicialização do processo licitatório para a escolha da construtora. Naquela oportunidade, nos reportamos à decisão do desembargador federal que mandou sustar a licitação até o julgamento final da ação impetrada pelo consórcio que ofereceu o menor preço e foi desclassificado pelo Ministério da Integração Nacional. Uma das construtoras desse consórcio é cearense.

O mesmo desembargador, que sustou a licitação, mandou que o processo licitatório fosse encaminhado ao Ministério Público para investigar se houve alguma irregularidade. O Governo Federal recorreu da decisão do magistrado que sustou o processo licitatório. Agora, segundo a informação da Coluna Radar no site da revista Veja, diz que Ministério Público está no caso.

DN Online
Postar um comentário