TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Professora forja o próprio sequestro para saber se "realmente gostavam dela"

Image-0-Artigo-2240550-1
A informação sobre o possível sequestro da professora Dayane de Souza Silva, de 25 anos, que trabalha numa escola municipal do Distrito de Jaibaras, em Sobral, onde mora com a família, chegou à Delegacia da Polícia Civil(DRPC), na madrugada de quarta-feira (10). A investigação tomou corpo depois que os policiais tiveram acesso a áudios gravados pelos supostos sequestradores, em tom de ameaça contra a vida de Dayane, reforçando o pedido de resgate de R$ 2 mil; e algumas fotos em que a professora aparecia amordaçada. O material havia sido encaminhado a colegas da escola onde a professora trabalha.

O efetivo policial passou a trabalhar nas várias hipóteses do que teria ocorrido com a professora, na tentativa de "estourar" o cativeiro, pois as imagens e áudios direcionados aos amigos de Dayane, já haviam se espalhados em diversas redes sociais, dando à inusitada história uma dimensão muito grande.

Após horas de investigação, o Serviço de Inteligência da Polícia Civil rastreou e identificou o local de onde partiam as informações sobre a situação da professora. No entanto, para surpresa dos policiais a situação se configurou como um falso sequestro, planejado pela própria jovem com ajuda de um homem, identificado como Michel Platini de Farias Rodrigues, de 29 anos, que foi localizado junto com Dayane, pela equipe policial ao localizar o falso cativeiro.

DN Online

Nenhum comentário: