segunda-feira, 22 de maio de 2017

Perito nega ter dado nova versão sobre edição de áudios

Ricardo Caires dos Santos, perito que afirmou à Folha que a gravação da conversa entre o presidente Michel Temer e o empresário Joesley Batista apresentava mais de 50 pontos de edição, negou ter oferecido outra conclusão para o caso, como noticiado pelo jornal carioca "O Globo".

Reportagem publicada no site do jornal neste domingo (21) relata o perito afirmando que seriam apenas "14 pontos de edição, entre 15 e 20 pontos de corte e diversos trechos de ruído". Teria dito também, de acordo com "O Globo", não ser possível localizar onde estariam os pontos de edição.

Folha de S.Paulo
Postar um comentário