segunda-feira, 22 de maio de 2017

OAB diz que Temer prevaricou ao conversar com empresário "fanfarrão e delinquente"

O presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Cláudio Lamachia
O presidente do Conselho Federal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Claudio Lamachia, afirmou nesta segunda-feira (22) que deve ingressar com o pedido de impeachment do presidente Michel Temer (PMDB) até esta sexta-feira (26) na Câmara dos Deputados. 

De acordo com Lamachia, os áudios entre Temer e o empresário Joesley Batista, da JBS, apontam que o presidente praticou crime de prevaricação ao, mesmo classificando Batista como "fanfarrão" e "delinquente", não negar, em seus dois pronunciamentos, desde quinta (18), que conversara com ele nas condições apontadas pela investigação da Polícia Federal.

Uol
Postar um comentário