terça-feira, 16 de maio de 2017

Grupo político da prefeita Fátima Gomes, em Quixelô (CE), ganha reforço de peso

Adil Vieira, vereador pelo PMDB, em seu discurso na Sessão da Câmara de Vereadores de Quixelô, em 12 de maio de 2017, comunicou ao grupo de oposição e à população que deixa a bancada de oposição para unir-se ao grupo que apoia a prefeita Fátima Gomes.

Adil Vieira é considerado por todos os vereadores como um dos mais bem preparados políticos daquela casa. Funcionário público federal, Adil trabalha no INSS de Iguatu há mais de 30 anos e tem forte atuação nos protestos contra as reformas da Previdência, Trabalhista e contra a Terceirização.

Adil informou à bancada que era hora de mudar e somar à gestão de Fátima Gomes trazendo para o grupo a sua experiência de vários mandatos como vereador.

A vinda de Adil Vieira reforça ainda mais a base de apoio da prefeita Fátima Gomes (PT). 

De seis vereadores a bancada aumenta para sete, o que garante ampla e folgada maioria para aprovar os projetos de interesse da população.

Prefeita Fátima Gomes

Mesmo agora na situação, Adil disse que sua postura de analisar, ponderar e de se pronunciar de forma segura, será mantida. “Esse é meu estilo, não importa onde eu esteja. Eu defendo o que é bom para Quixelô, principalmente quando meu posicionamento e voto sejam importantes nessa Câmara”, ressalta, Adil.

A prefeita Fátima Gomes destacou que a vinda de Adil Vieira traz para o grupo um político que é parceiro, estudioso dos assuntos da cidade, moderado e com forte apelo ao diálogo. “Ganhamos todos, pois Adil, assim como nós é preocupado com as pessoas”, destaca a prefeita.

Para o vereador do PC do B e presidente da Câmara Municipal, Dadá Guedes, a chegada de Adil irá reforçar o time pela sua característica de buscar sempre o diálogo e o consenso.

Ao finalizar seu discurso na Câmara, Adil Vieira deixou claro que era chegada a hora de mudar. “Eu não fui o primeiro a fazer isso e nem serei o último. Assim como tantos outros que nesta casa estão ou que já estiveram, chegou a minha hora de mudar para favorecer Quixelô”, finalizou Adil.
Postar um comentário