quarta-feira, 24 de maio de 2017

Caos na saúde de Acopiara: "bebê morre vítima de sofrimento fetal", aponta laudo médico

Resultado de imagem para caos na saúde
Enquanto no município de Acopiara, as pessoas estão morrendo em virtude da epidemia de Dengue, Zika Vírus e febre Chikungunya, a Prefeitura Municipal prefere afirmar para a população que nada disso está acontecendo. 

No último final de semana, uma senhora que estava grávida deu entrada no Hospital Geral apresentando quadro de arbovirose, pois apresentava febre alta e coceiras no corpo, podendo ser qualquer uma das três doenças acima. 

Após tais procedimentos em Acopiara, a mulher foi transferida para o Hospital Regional de Iguatu. 

Chegando lá, a paciente contou que apresentava quadro de arbovirose e que sua bebê se movimentava muito na sua barriga. A equipe médica não pensou duas vezes e logo fez uma cirurgia cesária na paciente. A criança nasceu no período da manhã e a tarde veio a óbito. 

O laudo apresentado pelos médicos aponta que a criança morreu vítima de "sofrimento fetal".

Em tempo

O blog do radialista e assessor de imprensa da Prefeitura, Wilson Filho, logo tratou de descredibilizar o que foi publicado nesta página em relação a morte da bebê. 

O blog deixa bem claro que a mãe, antes de ter a criança apresentava quadro de arbovirose ( Dengue, Zika Vírus ou febre Chikungunya) e que isso pode sim ter sido o motivo da morte da bebê.

Em relação a participação dos avós paternos na matéria fantasiosa apresentada pelo blogueiro Wilson Filho, eles deixam claro que a nora teve "febre" e foi bem atendida no Hospital Geral chegando a tomar uma injeção. Os avós e o radialista confirmam também que a criança morreu de "sofrimento fetal". 

Indagações

Porque essa criança teve "sofrimento fetal", vindo a óbito, sem que isso fosse detectado pelos profissionais da saúde de Acopiara? 

Porque os avós paternos se manifestaram sobre o assunto e não mãe da bebê?

Os avós foram pressionados por alguém? 

O avô dessa criança teria sido pressionado por algum agente público, a desqualificar o que foi postado neste blog pelo fato de ser servidor da Prefeitura de Acopiara?

O avô dessa criança estaria sendo estimulado por quem a processar o blogueiro Lindomar Rodrigues pelo fato de uma postagem verídica?

São perguntas que a população de Acopiara quer saber para ter ciência de quem fala a verdade ou mente para o povo. 
Postar um comentário