segunda-feira, 3 de abril de 2017

Moradores de Jaguaruana mudam a rotina com medo de novos ataques

Moradores de Jaguaruana mudam a rotina com medo de novos ataques
Moradores da cidade de Jaguaruana, a 183 quilômetros de Fortaleza, mudam rotina depois da troca de tiros entre bandidos e policiais que terminou com sete criminosos mortos na madrugada deste sábado (1º). Nesta segunda-feira (3), alguns moradores assustados evitaram sair na rua. Até a missa tradicional que ocorre todos os domingos terminou mais cedo.

A agência bancária que seria alvo dos criminosos está fechada e com tapumes no lugar dos vidros que foram quebrados durante o tiroteio. Na parede da agência há 21 marcas de balas. Sem a agência na cidade, moradores que precisaram sacar dinheiro tiveram que ir para agências de cidades vizinhas como Aracati e Russas, distantes mais de 50 quilômetros de Jaguaruana.

Um morador disse que o clima está tenso principalmente após áudios serem repassados informando que haveria novo confronto entre polícia e assaltantes. “Todos estão com medo. Foi divulgado um áudio dizendo que haveria novos confrontos. Na madrugada de sábado foi terrível. Parecia um filme de bang bang. Mais de 30 minutos de tiroteio”, relatou o morador.

Segundo a polícia, 20 policiais estão realizando nesta segunda-feira buscas com objetivo de prender outros integrantes da quadrilha. De acordo com a polícia há equipes da Polícia Militar nas principais divisas entre os estados do Ceará e Rio Grande do Norte. Veículos e pessoas que passam pelas divisas estão sendo revistados.

O revide ao bando de mais de 20 homens que atacou a cidade de Jaguaruana na madrugada deste sábado terminou com sete assaltantes mortos, um ferido e cinco presos. As investigações que chegaram à informação sobre o ataque foram coordenadas pela Polícia Federal (PF) em Mossoró, no Rio Grande do Norte, e começaram em setembro de 2016, de acordo com o chefe da delegacia da PF na cidade, o delegado federal Samuel Elânio Oliveira Júnior, que está em Fortaleza.

G1CE
Postar um comentário