sábado, 22 de abril de 2017

Artigo: Façamos entender onde precisa de entendimento

"Quando não se sabe o "PORQUÊ" é preciso averiguar antes de fazer qualquer julgamento precipitado. E vejo que eles, os vereadores abaixo foram "julgados" de forma brutal e aleatoriamente. O veredito antecipado e descabido fez com que, os esclarecimentos posteriores tornassem justos seus posicionamentos quanto às suas abstenções.
Eles não seriam inverídicos com seus eleitores caso, esse "projeto" sobre as casas populares não acosionasse algo descrente e que não precisasse de uma posição firme e verdadeira. E mesmo que essa "ação" tenha sido aprovada pelos vereadores da situação, por então, serem majoritários na casa legislativa, nesse meio tempo, ficou registrado que os camaristas de oposição, agiram de maneira fiel por não compactuarem desse ato que foge às regras do âmbito legislativo que deveria no entanto, pensar e buscar meios transparentes e legítimos quando em representatividade do povo.
Fico pensativa quanto à algumas posições alheias que querem tornar verdadeiro onde não há verdades".

Sem mais...

Betinha Alves Borges
operadora de caixa
Postar um comentário