sexta-feira, 24 de março de 2017

Promotor e procurador-geral adjunto do RN são baleados na sede do Ministério Público

mprn
O procurador-geral adjunto do Rio Grande do Norte, Jovino Pereira Sobrinho, e o promotor de Justiça, Wendell Beetoven Ribeiro Agra, foram baleados dentro do Ministério Público do Estado na manhã desta sexta-feira (24).

De acordo com o G1, a Polícia Militar já identificou o responsável: Guilherme Wanderley Lopes da Silva, de 44 anos. Ele é servidor do MP/RN. O crime aconteceu enquanto ambas as vítimas estavam em reunião no prédio localizado no bairro Candelária.

Durante a fuga, o suspeito ainda disparou pelo menos cinco tiros no estacionamento do local, mas ninguém ficou ferido. Até o momento, Guilherme Wanderley não foi localizado.

Tanto o promotor quanto o procurador-geral estão hospitalizados. O primeiro foi atingido no abdome, enquanto o segundo foi atingido nas costas.

DN Online
Postar um comentário