TV MEU XODÓ - A TELEVISÃO DE ACOPIARA

segunda-feira, 13 de março de 2017

Ceará pode ter quase 70 mil títulos eleitorais cancelados

Resultado de imagem para Ceará pode ter quase 70 mil títulos eleitorais cancelados
No Ceará, 69.739 eleitores poderão ter seus títulos cancelados, porque não votaram nem justificaram a ausência nas últimas três eleições. Os cidadãos nesta condição precisam comparecer aos cartórios das zonas eleitorais, em todo o estado, para regularizar a situação até o dia 2 de maio. Só em Fortaleza são 28.136 títulos; em Caucaia, 3.855 e em Juazeiro do Norte, 1.301 eleitores. O total de títulos passíveis de cancelamento em todo o país é 1.961.530.

Para regularizar as pendências, o eleitor deverá apresentar documento com foto que comprove sua identidade, título eleitoral e comprovantes de votação ou de justificativa. Se não possuir, deve pagar a multa ou solicitar a dispensa de recolhimento, para os casos previsto em lei. A situação eleitoral pode ser consultada pelo sitio do TRE na Internet ou Disque Eleitor, através do telefone 148.

Consequências do cancelamento

O cidadão que não regularizar a situação do título junto à Justiça Eleitoral poderá ser impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público e obter certos tipos de empréstimos e inscrição. Além disso, pode ter dificuldades para ser investido e nomeado em concurso público, renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo e obter certidão de quitação eleitoral ou qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado.

Movimento na CEATE

Para acompanhar os trabalhos, nesta terça-feira, 14, às 10h, a vice-presidente e corregedora do TRE-CE, desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira, visitará a Central de Atendimento ao Eleitor de Fortaleza (CEATE), que conta também com militares do Exército no atendimento. Na CEATE, o movimento ainda está tranquilo. Para ser atendido, o eleitor deve agendar online ou pelo número 148.

Com TRE

Nenhum comentário: