terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Com contas atrasadas, Amontada e Reriutaba temem corte de energia

Após tomarem posse no início de janeiro, prefeitos no Ceará temem o corte da energia nas cidades por contas atrasadas herdadas da gestão anterior. 

É o que relatam os novos gestores de Reriutaba e Amontada. O débito chega a R$ 576 mil, no caso do município do litoral oeste, que acumula falta de pagamento nas contas de agosto a novembro. Na outra cidade, na região Norte, as contas atrasadas de somam mais de R$ 124 mil.

G1 CE
Postar um comentário