quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Polícia Federal cumpre mandados da Lava Jato no Ceará, SP e PR

A Polícia Federal cumpre 18 mandados judiciais, sendo 16 de busca e apreensão e dois de prisão preventiva, no Ceará, São Paulo e Paraná, como parte da 36ª fase da Operação Lava Jato.

Batizada de Operação Dragão, a ação colocou agentes em Jaguaruana, no Ceará, Barueri (SP), Santana de Parnaíba (SP) e na capital de São Paulo, além de Curitiba e em Londrina, no Paraná.

De acordo com a PF, a atual fase investiga dois operadores financeiros responsáveis pela movimentação de recursos de origem ilegal, principalmente oriundos de relações criminosas entre empreiteiras e empresas sediadas no Brasil com executivos e funcionários da Petrobras.

Um dos mandados de prisão preventiva expedido pelo juiz Sérgio Moro foi contra o operador Adir Assad, que já está preso em Curitiba.

Já as buscas estão sendo feitas na concessionária Econorte, em Londrina (PR) e na construtora Triunfo, na capital paranaense.

O nome "Dragão" é referência aos registros na contabilidade de um dos investigados que chamava de "Operação Dragão" os negócios fechados com parte do grupo criminoso para disponibilizar recursos ilegais no Brasil a partir de pagamentos realizados no exterior.

DN Online
Postar um comentário