domingo, 9 de março de 2014

Servidores públicos de Aiuaba querem extinção do regime de previdência própria


Servidores públicos da cidade de Aiuaba, município cravado no Sertão dos Inhamuns, estão lutando pela extinção do regime de Previdência municipal. Um grupo participou de uma manifestação pelas ruas desta cidade, utilizando faixas e apitos, reivindicando o pleito. Após o ato pelas ruas, os servidores foram ao prédio da Câmara Municipal tentar sensibilizar os legisladores pela revogação da lei, que mudou o regime de celetista para estatutário. A expectativa dos servidores é de que a matéria seja apreciada e votada na Casa nos próximos dias.

Os servidores foram mobilizados pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Aiuaba, que é contrário ao atual regime implantado no município no segundo semestre do ano passado. Com isso, querem a volta ao regime celetista. "A nossa preocupação está sendo com a medida que os municípios estão inventando um regime de previdência municipal, porque temos plena convicção que esta tese não proporciona segurança aos trabalhadores do serviço público, disse o presidente do Sindicato, Wilson Quirino.

Segundo ele, o funcionalismo conta com o apoio dos Sindicatos de Antonina do Norte e Saboeiro e juntos procurarão o Ministério Público para tomar providências sobre o assunto. Wilson mencionou que a esperança dos servidores municipais é a de que os legisladores se sintam sensibilizados a fim de que a situação possa ser revertida.

De acordo com a assessoria da Prefeitura Municipal, o prefeito enviou ofício à Câmara solicitando a realização de uma sessão extraordinária para a votação da matéria, que extingue o atual regime. A gestão entende que examinou vários exemplos no Estado e o regime estatutário não traz vantagens para os servidores municipais.

Nenhum comentário :